Cinto de Segurança Tipo Paraquedista: como fazer a melhor escolha

O Cinto de Segurança Tipo Paraquedista é um EPI para Trabalho em Altura, essencial para garantir a segurança e conforto dos profissionais que trabalham em atividades de risco. Existem opções variadas desse equipamento, para funções específicas. Você sabe o que analisar para escolher o Cinto de Segurança Tipo Paraquedista ideal para as tarefas que são realizadas na empresa em que trabalha? Neste post, vamos indicar aspectos importantes que precisam ser verificados na hora de decidir um Cinto de Segurança Tipo Paraquedista.

O uso de Equipamentos para Trabalho em Altura é essencial, e segue a orientação informada na NR 35, que trata especificamente das normas para o Trabalho em Altura. Portanto, sempre que o profissional estiver exercendo uma atividade que precise de retenção de queda, posicionamento, suspensão, trabalho em espaço confinado ou escalada, o Cinto de Segurança Tipo Paraquedista se faz necessário.

Os principais Cintos de Segurança para Trabalho em Altura são:

  • Cinto Paraquedista com 1 ponto de conexão: recomendado para uso com Talabarte em Y, Trava-Quedas para corda ou Trava-Quedas Retrátil.
  • Cinto para Espaço Confinado com alças nos ombros: recomendado para uso com o trapézio para acesso ao espaço confinado.
  • Cinto com ponto de conexão lateral: para uso com o Talabarte de Posicionamento, que irá manter o trabalhador posicionado e com as mãos livres para executar suas atividades.
  • Cinto para acesso por cordas, resgate e alpinismo industrial: recomendado para tarefas em que o acesso é feito por cordas que darão sustentação ao trabalhador.
  • Cinto para trabalho a quente: recomendado para atividades com o uso da solda ou com alta temperatura (calor e fogo).

O que avaliar em um Cinto de Segurança Tipo Paraquedista

Separamos 5 itens importantes que precisam ser avaliados quando você for escolher o Cinto de Segurança Tipo Paraquedista ideal para as atividades realizadas na empresa em que trabalha.

1) Tipo de trabalho a ser realizado

O primeiro item a ser avaliado na hora de decidir pela compra de um Cinto de Segurança Tipo Paraquedista é qual o tipo de atividade será realizada com a utilização desse equipamento. O profissional vai precisar ficar suspenso, terá restrições de movimento ou simplesmente precisa ficar bem posicionado? São perguntas essenciais de se responder antes da escolha. Para cada tarefa, existe um Cinto de Segurança Tipo Paraquedista com o ponto de conexão em um local diferente.

2) Peso máximo suportado pelo Cinto de Segurança Tipo Paraquedista

Quando o equipamento é criteriosamente testado antes de ser colocado no mercado, é feita a avaliação de quanto peso ele suporta. É importante conhecer essa informação e saber quais funcionários irão utilizar o EPI para entender qual peso deve ser suportado. Para garantir a integridade física do trabalhador, é essencial que esse peso limite seja respeitado, evitando ou minimizando os riscos de possíveis acidentes.

3) Material de fabricação do Cinto de Segurança Tipo Paraquedista

Um item importante para garantir a resistência e durabilidade do EPI é o material utilizado na sua fabricação. É essencial que ele seja produzido com matéria-prima de qualidade, como fibra de poliéster, que é resistente e fornece conforto para o trabalhador. Além de partes metálicas em aço galvanizado ou inoxidável. Essa junção de materiais proporciona mais segurança ao profissional que exerce Atividade em Altura. Existem casos especiais como por exemplo, atividades com solda, ambientes com altas temperaturas e com indicencias de chamas e neste caso, também é necessário buscar o tipo de material adequado para a atividade.

4) Validade do CA

Os Cintos de Segurança são garantidos pelo Certificado de Aprovação válido, responsável por indicar se o EPI para Trabalho em Altura ainda está em condições de uso ou se precisa ser reavaliado ou substituído. É preciso estar dentro do prazo de validade para fornecer a segurança necessária. Os CA’s possuem validade de acordo com a certificação INMETRO realizada no equipamento, o que equivale em torno de 3 anos.

5) Conforto para o trabalhador

Para que o profissional possa executar seu Trabalho em Altura de forma satisfatória, ele precisa estar corretamente equipado, com materiais de qualidade e que ofereçam conforto para o seu dia a dia. Isso garante que ele pode focar a sua atenção em realizar as atividades sem se preocupar com o posicionamento do Cinto de Segurança Tipo Paraquedista ou com partes do equipamento entrando em atrito com sua pele ou deixando a desejar no quesito proteção.

A importância do Cinto de Segurança Tipo Paraquedista correto

A escolha certa do Cinto de Segurança Tipo Paraquedista garante ao trabalhador a segurança necessária e o conforto que ele precisa para realizar suas tarefas. Este EPI é essencial para que o profissional esteja amparado, portanto, é importante a preocupação com os itens apresentados neste post: tipo de trabalho a ser realizado, peso máximo suportado pelo cinto, material de fabricação, validade do CA e conforto.

Este material foi criado para ajudar você a fazer uma compra assertiva ou uma indicação consciente e por isto perguntamos, você acha que as informações foram válidas? Sentiu falta de algum detalhe? Compartilha sua opinião com a gente nos comentários abaixo e vamos continuar essa conversa.

E sempre que precisar de informações confiáveis sobre Cinto de Segurança tipo Paraquedista, venha nos visitar, pois aqui é o Blog dos Especialistas em Trabalho em Altura.

Até breve!
Equipe Hércules