Cinto Paraquedista: O trabalhador com mais de 100 kg pode utilizar?

Iniciamos este post respondendo: Sim.

Em função dos ensaios realizados para a obtenção do CA, podemos afirmar que o Cinto de Segurança Tipo Paraquedista pode ser utilizado por um trabalhador com mais de 100 kg, porém essa possibilidade não garante a sua integridade física em caso de queda.

Para melhor compreender essa questão, vamos analisar a situação do Trabalho em Altura levando em consideração as práticas ideais. Antes de entrar na questão do equipamento, temos que avaliar se o trabalhador em questão tem condições físicas e de saúde para exercer a função. Cabe ao empregador, via SESMT (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho), realizar a avaliação do trabalhador para determinar se este está ou não apto ao trabalho.

O fato de um trabalhador pesar 100 kg não necessariamente o torna obeso. Muitas pessoas com peso abaixo de 100 kg são consideradas obesas e inaptas para o trabalho. Somente um médico do trabalho poderá avaliar com precisão.

Existe proibição para o trabalhador acima de 100 kg?

A resposta é não!

Não existe nenhuma base legal que proíba trabalhadores com mais de 100 kg de executarem Trabalho em Altura. As NBRs de EPI para Trabalho em Altura especificam uma massa de 100 kg como um padrão de testes em uma condição limite. São normas elaboradas para estabelecer requisitos e metodologias de ensaios relativas a produtos, e não a procedimento de trabalho.

Esperamos que este Post tenha ajudado você a entender sobre o assunto. Aproveite e baixe o nosso Guia Técnico para Trabalho em Altura, desenvolvido pelos Especialistas da Hércules.

E lembre-se: Sempre que precisar de informações confiáveis, venha nos visitar, pois aqui é o Blog dos Especialistas em Trabalho em Altura.

Até breve!
Equipe Hércules