COMO ESTÁ SENDO CONJUGADO OS NOVOS CAs DOS CINTURÕES?

Anteriormente, conforme Portaria, o MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) emitia CA (Certificado de aprovação) para estes EPI (Equipamento de proteção individual) da seguinte forma:

  1. Cinto de Segurança com Talabarte;
  2. Trava-queda com Cinto de Segurança

No caso 1, o CA (Certificado de aprovação) emitido apresentava no campo “DESCRIÇÃO DO EQUIPAMENTO” a descrição do Cinto de Segurança e de todos os Talabartes que podem ser utilizados com este Cinto de Segurança.

No caso 2, o CA (Certificado de aprovação) emitido apresentava a descrição do Trava-Queda e de todos os Cintos de Segurança que podem ser utilizados com este Trava-Queda.

Atualmente ocorre que, com a publicação da Portaria SIT nº 292, que alterou o item I (Equipamento de proteção individual para proteção contra quedas com diferença de nível), do Anexo I (Lista de equipamentos de proteção individual) da NR-6 que passou a considerar EPI (Equipamento de proteção individual) o CINTURÃO com dispositivo trava-queda e o CINTURÃO com talabarte.

Além disso, a NR 35 – Trabalho em Altura define em seu glossário que O CINTURÃO DE SEGURANÇA é o EPI (Equipamento de proteção individual)  e que TALABARTE e TRAVA-QUEDA SÃO DISPOSITIVOS DE CONEXÃO E SEGURANÇA para proteção contra queda.

Em síntese, pelo novo modelo haverá a emissão de CA (Certificado de aprovação) para CINTURÃO COM TALABARTE E TRAVA-QUEDA, em alguns casos podendo ser cinturão somente com trava queda ou cinturão somente com talabarte.

Lembrete: para retenção de queda o cinturão obrigatoriamente deverá ser do Cinto de Segurança tipo Paraquedista.

Você sabia que a Hércules disponibiliza uma equipe técnica altamente qualificada para entender a sua necessidade? E além disso, apresentar a solução mais adequada para a sua operação? Não deixe de utilizar os nossos serviços e fazer parte do mundo Hércules. Consulte um de nossos especialistas.

Carlos Souza

Especialista de Trabalho em Altura e Espaço Confinado.

Formado em técnico de segurança segurança e especialista em atividades relacionadas ao trabalho em altura, possui Certificação IRATA para atividades profissionais no segmento de acesso por corda. Além de ser Instrutor de Trabalho em Altura (NR-35).
Carlos Souza

Últimos posts por Carlos Souza (exibir todos)