Validade dos produtos: proteção contra quedas

A Hércules é uma empresa especializada na fabricação de equipamentos de proteção ao trabalho e, entre suas linhas de atuação, está a produção de soluções para trabalho em altura. A Hércules é reconhecida pela qualidade dos produtos que fabrica, pelo constante investimento em pesquisa de novas tecnologias e desenvolvimento de produtos que promovam segurança e conforto aos seus usuários e pelo respeito a toda legislação referente aos produtos que fabrica e comercializa.
Seguindo estas premissas, atendemos toda a legislação referente à produção e comercialização de nossos produtos, assim como trabalhamos para a melhoria contínua de nossos processos e comunicação com nossos clientes.

No dia 20 de julho de 2015, o MTE emitiu a Nota Técnica n° 146, que informa que os produtos cujo Certificado de Aprovação (CA) não serão renovados ou que foram substituídos por outro produto permanecem válidos desde que adquiridos anteriomente ao vencimento do Certificado de Aprovação (CA). Para tanto, o usuário deverá respeitar a validade do produto divulgada pelo fabricante.

 

Sendo assim, informamos que para os produtos de proteção contra quedas da marca Hércules, o prazo de validade é indeterminado, seguindo as recomendações abaixo para determinação da sua obsolência.

Para Cinturões e Talabartes:

A vida útil é determinada pelas inspeções de rotina, que devem ser realizadas por uma pessoa treinada antes de cada utilização, seguindo as orientações abaixo descritas. Caso alguma das observações abaixo for notada no cinturão ou no talabarte, o produto deve ser descartado imediatamente:

  1. Cadarço (fitas): sinais de rasgamento, perfuração, abrasão, derretimento ou corte;
  2. Costuras: rompimento de linhas ou descosturas;
  3. Componentes metálicos: deformações, travamento, quebra, fissuras ou corrosões;
  4. Indicador de impacto: rompido;
  5. Absorvedor de impacto: rompido.

Além dos fatores acima descritos, em caso de retenção de uma queda, o equipamento deve ser imediatamente descartado, mesmo que em perfeitas condições.

Para trava-quedas:

A vida útil é determinada pelas inspeções de rotina que devem ser realizadas por uma pessoa treinada antes de cada utilização, seguindo as orientações abaixo descritas. Caso algumas das observações abaixo forem notadas no trava-quedas, o produto deve ser descartado imediatamente:

  1. Cadarço (fitas): sinais de rasgamento, perfuração, abrasão, derretimento ou corte;
  2. Costuras: rompimento de linhas ou descosturas;
  3. Componentes metálicos: deformações, travamento, quebra, fissuras ou corrosões;
  4. Mola: rompimento;
  5. Freio de segurança: quebra;
  6. Cabo: fio rompido ou distorção;
  7. Indicador de impacto: rompido;
  8. Caixa: vedação comprometida.

Além dos fatores acima descritos, em caso de retenção de uma queda, o equipamento deve ser imediatamente descartado ou, para os modelos retráteis, enviado para assistência técnica, mesmo que em perfeitas condições.

Etiquetas: todos os equipamentos devem estar com suas etiquetas de informação de fabricante, lote, número de CA e selo INMETRO legíveis para identificaçao e rastreabilidade dos mesmos.

Armazenamento e Higienização:

Visando aumentar a vida útil do produto, recomendamos que todos os produtos de proteção contra quedas (cinturões, talabartes, trava-quedas e acessórios) sejam armazenados em local seco e sem a incidência de luz. Além disso, recomendamos que seja evitada a exposição a superfícies abrasivas. Para a higienização adequada, utilizar água a temperatura inferior a 40° C, sabão neutro, nenhum alvejante a base de cloro e secagem à sombra.

Lembrando que:

  1. Nos casos de ambientes com exposição a alta temperatura ou atividades com solda, recomendamos o uso de cinturões e talabartes em para-aramida;
  2. Em ambientes salinos, recomendamos a utilização de produtos com componentes metálicos resistentes ao risco de corrosão e/ou fivelas com proteção termo-plástica;
  3. Para trava-quedas retráteis, em que a exposição ao ambiente é constante, seguir a orientação do fabricante de envio para revisão a cada 12 meses ou após retenção de quedas.

Todas as recomendações de uso, inspeção, armazenamento e higienização encontram-se no manual de instruções, que deve ser disponibilizado aos usuários responsáveis pelo controle do Equipamento de Proteção.
Além disso, consulte-nos e solicite nosso manual de inspeção de equipamentos, assim como check-list de inspeção para orientação.

Importante: A Hércules recomenda que todos equipamentos para proteção contra quedas sejam substituídos após o prazo de cinco anos. Para assegurar máxima proteção e integridade do usuário.

cta_guia_tecnico_trabalho_altura